A semana - espetáculos, debates, conversa

Durante a semana de 02 a 13 de dezembro de 2020, na realização da V Semana Imperatrizense de Teatro, propomos uma mostra e diálogo da produção teatral no estado do Maranhão. A programação é diversa. Desde propostas para o atual momento a gravações de espetáculos existentes antes da pandemia ou ainda adaptações, dada a necessidade de ser visto e de sobrevivência. 

Nossos convidados para dialogar conosco, além dos participantes - artistas e técnicos das obras selecionadas -, são Kil Abreu e Pedro Vilela, que respiram teatro e permanecem inquietos com a contemporaneidade e tudo o que ela representa.

Sempre às 19h, um espetáculo terá sua estreia na Semana, através do nosso canal no YouTube. Todos eles terão tradução/interpretação em Libras.

No dia 03 (quinta-feira), ao invés de ter a apresentação de um espetáculo, conversaremos com Kil Abreu e Pedro Vilela sobre o teatro hoje, isso às 19h, na plataforma Zoom, com entrada livre.

Nos dias 05, 07, 09, 11 e 13, às 17h, debateremos com os artistas e técnicos das obras selecionadas para esta Semana. 

Vamos ao teatro!

 

Espetáculos

São 10 espetáculos (tradução/interpretação em Libras),   com estreia para às 19h. Escolha qual deles quer assistir!

 

A serpente branca - dia 02, às 19h

A "Serpente Branca" é um espetáculo teatral em formato de contação de histórias, que utiliza narração, música e teatro de formas animadas para dar vida a uma adaptação do conto dos irmãos Grimm e de outras fábulas. Conta a história de um criado que ao comer uma sopa de serpentes, começa a ouvir as vozes dos animais e descobre que a natureza está pedindo socorro. Uma história de preservação da natureza, do meio ambiente e de conscientização humana.

CAPA - Rosana Fernandes Produções Teatra
 

Cadê a Herança? - dia 04, às 19h

DIRETOR GERAL: Leonardo Fernandes
ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Pedro Danilo
DIRETOR MUSICAL: João Victor Carvalho
COREÓGRAFA: Rebeca Carneiro
ASSISTENTE DE COREOGRAFIA: Andressa Brandão
PREPARADOR E ARRANJADOR VOCAL: Samuel Rebouças
ELENCO: Nestor Fonseca - Brícia Queiroz - Jhessica Monteiro - João Victor Carvalho - Rebeca Carneiro
PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS: Laryssa Mourão - Luc Panet
BANDA: Ruan Cruz - Thierru Castelo - Melannie Carolina - Sergio Murilo Rego - Zequina Moura - Rayssa Verde - Soraia Marinho - Thadeu Macedo
DIRETOR TÉCNICO: Cid Campelo
ILUMINAÇÃO: Nina Araújo
FIGURINOS E CENÁRIOS: Brícia Queiroz
DIRETORES DE PRODUÇÃO: Nestor Fonseca - Jhessica Monteiro
EQUIPE DE APOIO: Renan Salgueiro - Letícia Monteiro - Gustavo Oliveira

IMG_4109 - Nestor Fonseca.JPG
 

As Setes Irmãs - dia 05, às 19h

O cotidiano de sete irmãs em hábito de esposas de Jesus. A vida comezinha pode seguir simples e, entre orações, penitências, deveres e dias e noites dedicados ao Senhor.


Mas, a pergunta que não quer calar: Até que ponto a clausura num convento, a temência a Deus, a abstinência poderão calar os desejos mais recônditos, as fantasias mais profundas, as lembranças mais "quentes" de uma vida profana? O texto é do dramaturgo cearense Walden Luiz. Com direção de Júnior Marks, que também veste a trama de madre superiora no drama. Compõem, ainda, o elenco do enredo religioso, os intérpretes Afonso Lopes, Gilvana Morgana, Iarla Ribeiro, Junior Marks, Kaio Rodrigues, Márcio Felipe Gomes, Sandra Lima e Vitorino Rodrigues.

WhatsApp Image 2020-11-20 at 15.10.24 -
 

Frida! - dia 06, às 19h

Frida Kahlo foi uma das maiores artistas de todos os tempos. Revolucionária, rebelde, uma mulher muito à frente de seu tempo. Atual, traz em sua obra e em seu corpo, mutilado e belo, as dores, cores e delícias do Ser Mulher livre e senhora de seus desejos e vontades, hoje e sempre.

Um espetáculo de dança-teatro, fruto de anos de pesquisas a cerca da vida e obra de umas das maiores artistas de todos os tempos.

f02 - Julia Martins.jpg
 

Enquanto Shakespeare Não Vem - dia 07, às 19h

Justus e Benigno estão à espera de Shakespeare e enquanto ele não vem vão encenando vários trechos de suas obras ou fazendo referências a elas.

O espetáculo é uma tragicomédia que revela a complexa relação de amor e ódio entre Justus e Benigno que acreditam no fim de todos os seus problemas e conflitos com a chegada de Shakespeare. Quando os personagens percebem que Shakespeare não virá, começam a acusar um ao outro e vão se enfrentam em um duro jogo de opressão e desespero até a autodestruição.

A convivência, a não aceitação do outro, a espera vazia e a dependência afetiva norteiam o espetáculo.

FOTO 2 - Francisco Cruz.jpg
 

O circo sai da mala - dia 08, às 19h

No picadeiro da Rua, palhaços buscam a graça através de várias presepadas e bobagens inspiradas em reprises clássicas de palhaços do circo tradicional. Nsse meio, está o público participante ativo indicando saídas ou mais labirintos aos brincantes em cena.

Tudo ainda está em construção ou desconstrução o que torna tudo mais engraçado para todos.

Foto de Helê Frazão - Helê Frazão(1).jpg
 

João Paneiro - dia 09, às 19h

Utilizando-se da serpente como esteio, a trama organiza-se em três momentos interligados. O personagem João, que traça sua narrativa a partir de fatos do cotidiano, sempre com referência a uma forma (estágio) da serpente. A primeira aparição da serpente, a encantada, a guardiã, presente na poesia popular, que povoa sonhos de crianças e adultos. A Segunda, funciona como referência religiosa, apocalíptica, a besta-fera. A Terceira, de alumínio, representa a cidade na sua contemporaneidade. O personagem-papagaio, funciona como o Cazumba (personagem da cultura popular maranhense), o palhaço.

WhatsApp Image 2020-11-24 at 14.36.01 -
 

Aquecendo pra SUBIR na vida! - dia 10, às 19h

Todo mundo sonha em "ser alguém na vida", né? Afinal é isso que sempre nos dizem... a palhaça “Ffff Marques” vive "esse sonho" de forma lúdica e com muito senso de humor. Ela tem seu próprio jeitinho de SUBIR na vida!

2 FOTO DE LARISSA MICENAS - O Circo Tá N
 

Dois - livremente inspirado - dia 11, às 19h

O trabalho desloca o espaço de jogo e cena para a plataforma do Zoom. É impossível continuar? Haverá espectadores? O encontro com o texto e as questões levantadas sobre a carreira, vida artística, processo criativo, função do teatro, da arte, o público, o presente pandêmico, o passado recente e o futuro incerto que se anuncia, nos serviram de apoio para a ocupação da rede e levantamento do trabalho. Dramas do passado surgem como crise, teorias, angústias, ironias e a crua percepção da própria realidade imposta. A peça é o encontro de: um ator, uma atriz e a tentativa de continuar existindo. Conseguirão?

IMG_7603 - Ruan do Vale.PNG
 

Palhaça ContaCena - dia 12, às 19h

O espetáculo Palhaça ContaCena usa no decorrer da apresentação a linguagem literária (contação de história) e circense da palhaça. Leva o entretenimento e o prazer de ouvir histórias através do lúdico que embala a imaginação. Além disso, fortalece a arte circense através do malabarismo e trapalhadas. Palhaça ContaCena inclui o livro como fonte de prazer mostrando ao público a beleza e a valorização da arte como um grande vínculo de comunicação. A protagonista usa uma mala de onde tira seus recursos para narrativas levando o ouvinte ao universo imaginário das histórias tradicionais, populares e regionais com as encenações teatrais.

WhatsApp Image 2020-11-25 at 23.18.33 -
 

Debates

PARA PARTICIPAR DE UM DOS DEBATES (OU REVÊ-LOS),
É SÓ CLICAR NA IMAGEM DESEJADA

 
conversa.jpg
 
semana-debate2.png
 
semana-debate3.png
 
semana-debate4.png
 
semana-debate5.png
 
semana-debate6.png
 

A V Semana Imperatrizense de Teatro é realizada pela Pequena Companhia de Teatro, através da LEI ALDIR BLANC Nº 14.017, pelo Edital de Seleção nº 05/2020 – UGCAC/SECMA - FOMENTO A PROJETOS CULTURAIS.

TRADUTORES/INTÉRPRETES DE LIBRAS

João Moreno - Matheus Lopes

Fazem parte da Pequena Companhia de Teatro

Marcelo Flecha - Diretor artístico

Katia Lopes - Produtora executiva

Jorge Choairy - Ator

Cláudio Marconcine - Ator

logos-semana-rodape.png